Saúde: Mulher conta como parou de fumar em cinco simples passos, após 23 anos de dependência

0
27

Ana Maria Lúcia, Contadora, contou como parou de fumar após 23 anos de dependência e agora realmente consegue viver uma vida muito mais saudável e longe de qualquer vício.

Meu nome é Ana Maria Lúcia, tenho 40 anos e hoje estou há um ano longe do vício do tabaco.
Comecei a fumar com 16 anos de idade, e naquela época era moda o cigarro, pouco divulgado o mal que o vício faria, conheci muitas pessoas que começaram comigo, porém, infelizmente não estão mais aqui para contar. Mas costumamos não ligar muito para os dados de mortes causadas, isso porque temos a certeza que jamais acontecerá com a gente.

A minha decisão de parar de fumar veio com a extrema vontade de engravidar, e logicamente, meu marido exterminava a ideia só de pensar que me tornaria uma mãe fumante.

Eu amava a sensação do cigarro, não me via mais sem aquele objeto na mão e sem a quebra do estresse com os efeitos da nicotina.

Diferente de muitos, graças a Deus, não parei por ter problemas de saúde, mas encarei aquilo como uma missão, e seria tão bem recompensada com uma belíssima gravidez.

No decorrer desses 23 anos eu tentei parar por diversas vezes, o máximo que fiquei sem fumar foram 13 dias, mas bastava passar um nervoso ou tomar aquela cerveja e me vinha uma vontade incontrolável.

Costumamos viajar muito, e sofria horrores por passar horas no avião e não poder fumar, fora quando íamos em ótimos restaurantes e meu paladar afetado não me deixava degustar uma boa culinária.

Na época eu gastava algo perto de R$ 8,50 por maço, e consumia 2 ao dia. Fazendo uma conta rápida, eram R$ 17,00 por dia, R$ 510,00 por mês e R$ 140.000,00 neste período em que fumei. Ou seja, quantas viagens deixamos de fazer devido ao meu vício.

Até que no dia 24 de maio de 2017 eu resolvi parar.

Os primeiros dias

Os primeiros dias foram terríveis, a abstinência é algo que machuca muito, mexe com o humor, com a fome e com todas as suas decisões.
Tentei por diversas vezes ir comprar um cigarro, pensei em fumar escondido e outras tantas ideias para  tentar fugir do compromisso que eu tinha assumido comigo mesma.

É essencial alguém do seu lado, que entenda ou pelo menos procure entender o que você está passando, e meu marido foi quem regeu toda essa missão, que não poderia haver falhas.

Após a primeira semana, senti que começou a melhorar, a vontade não era mais tão aguçada e eu já pensava em outras coisas que não eram o cigarro.

E assim foram se passando os meses, algumas vontades repentinas, mas que duravam 30 minutos, e nesse momento eu pensava em um milhão de coisas, e assim notei que estava criando passos para largar o cigarro, e então procurei o NOVO AGORA e resolvi passar isso publicamente para todas as pessoas que passam por esse momento de abolir o cigarro da sua vida.

 

Confira agora, os 5 passos mais importantes para você cumprir essa missão como eu.

  1. Coloque na sua cabeça de uma vez por todas. O cigarro não faz parte da minha vida e não vou morrer em deixar isso no passado.

A maioria das pessoas tentam parar de fumar, mas sempre pensando no momento de uma recaída, pensando em como seria e sem querer se incentivando a voltar. Isso irá piorar a situação, então não pense, apenas leve os dias como se nunca estivesse fumado

 

2. Muita água, e se possível gelada

A água gelada tem um poder de inibir as suas vontades e desejos, eu cheguei a tomar mais de 5 litros por dia no início, mas conheci pessoas que tomavam mais. Então, pode tomar, sem moderação.

 

3. Vai passar

Em pesquisas é comprovado que a abstinência dura no máximo 30 minutos, então quando  iniciar aquela vontade demasiada, você vai pensar em algo para fazer durante esses 30 minutos. Eu costumava a marcar no relógio e fazer algo, ler algo interessante, tomar um banho. Após esse período você notará que irá passar a vontade e você estará sobre controle novamente

 

4. Mude seus costumes

É super interessante você mudar seus hábitos e caminhos. Ou seja, mude o trajeto do seu trabalho, coma algo diferente, pratique algo que goste, o mais indicado é o exercício físico, pois ajudará a inibir a vontade, contudo, caso não seja muito fã de esportes, tente algo diferente.

 

 

5. Não coma algo que atinja demais o seu paladar

Cervejas e café são os “diabinhos” para a vontade de fumar, então evite, não só eles como qualquer coisa que mexa muito com o seu paladar, todos os fumantes sabem o que lhe deixa mais aguçado para o fumo, então, nesse início evite.

 

Com esses simples 5 passos, sem burocratizar demais, consegui parar de fumar e hoje sou uma outra pessoa. E se posso dar alguma dica para alguém, seria para nunca fumar, mas se já se viciou, não existe algo mais libertador que parar com o vício.

Os benefícios você sentirá no dia a dia, desde um sorriso mais bonito, uma pele mais jovial, até um paladar perfeito, uma respiração incrível e muito, mas muito mais animo para viver a vida.

Boa sorte e acredite, você pode ter uma outra vida, a partir de agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.