A importância do seguro de vida e sua realidade no Brasil

0
7

Ainda pouco procurado no Brasil, o seguro de vida faz parte da vida da maioria das pessoas nos países desenvolvidos. Nos Estados Unidos por exemplo, o seguro de vida é realidade na maioria dos americanos. O Japão, reconhecido mundialmente pela sua cautela quando o assunto é futuro, tem uma aceitação de 90%.

 

Mas porque o Brasil ainda está longe de conseguir esses números?

A primeira resposta é, falta de conhecimento do produto.

Ainda pouco divulgado nas mídias, as pessoas estão acostumadas a serem abordados sobretudo por gerentes bancários oferecendo o seguro, e em sua maioria, como moeda de troca por algum pleiteamento junto a instituição, o que é totalmente proibido, porém, as pessoas fecham os olhos.

Quem nunca foi pego de surpresa quando pediu aquele empréstimo bancário e seu gerente lhe “ofereceu” um seguro de vida, como “ajuda” para a rede bancária liberar aquele pedido? Pois é, essa infelizmente é a concepção da maioria dos brasileiros com seguro de vida.

Em uma segunda resposta, a cultura brasileira.

Infelizmente o brasileiro não é bem reconhecido em antecipar ou se assegurar em algo que pode acontecer, além disso, a realidade do Brasil não permite com que nos preocupemos com fenômenos naturais, terremotos, vulcões e vendavais, o que é totalmente oculto no nosso país.

Mas quando isso vai mudar?

Esse é o grande ponto da questão. Pensar em sua morte, invalidez não é fácil, mesmo que isso seja uma certeza de qualquer ser humano.

Apesar da certeza de nossa morte, não paramos para pensar nas possibilidades disso acontecer, visto que não conseguiríamos levar a vida naturalmente se isso fosse um questionamento diário. Mas não parar para pensar não quer dizer que isso não possa ocorrer de diversas formas, em diversos momentos. Seja por um problema de saúde ou uma fatalidade, a saudade não terá remédio, mas confortar a família de uma forma financeira, sem acabar com os seus planos, pode ser uma preocupação a menos.

O seguro de pessoas ou seguro de vida pode ser complexo, e a diversidade de produtos irá requerer que um profissional possa estudar as suas possibilidades e a sua inteira necessidade. E você pode imaginar que um gerente bancário não conseguirá te atender da forma mais razoável, afim de entender todas as suas preocupações e te vender o melhor produto, mesmo que não seja o produto mais caro.

Fora isso, o vendedor de seguro precisa da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), o que a maioria não tem, se tornando ilegal a sua comercialização.

Quebrando um pouco a regra do seguro de vida, saiba que você pode ser beneficiado caso tenha um acidente que comprometa suas atividades, ou te deixe inválido, ou seja, não somente com a sua morte.

Para se ter uma noção, apenas em acidentes causados no trânsito, segundo pesquisa, 588 mil pessoas ficam invalidas por ano. Preocupante né?!

Você já parou para analisar, o que seria da sua vida caso você fosse uma dessas 588 mil pessoas?!

 

 

Chame um especialista da Prudential, ele irá te atender na sua casa em qualquer horário, analisará o seu perfil junto a sua família e tentará entender a sua necessidade, trazendo o que mais se encaixa com você e se preocupando com você, não somente com a venda ou valores estratosféricos. Isso é uma cultura da empresa, e te manter como cliente o fará ter sucesso em seu mercado.

Fora isso, o seguro de vida é intocável em casos de dívida, ou seja, você não terá seu seguro pago sendo arrestado por um processo por exemplo. Isso quem te assegura é a constituição brasileira.

Para entender melhor, a maior empresa de seguros de vida se chama PRUDENTIAL com sua matriz localizada em NEWARK, New Jersey, Estados Unidos, que no Brasil se domina PRUDENTIAL DO BRASIL, localizada em mais de 40 países, é pioneira no assunto, e todos os seus colaboradores, bem como, os franqueados, são obrigados a adquirir o SUSEP. Por isso, vale a pena contatar um dos profissionais e tirar um pouco dessa cultura negativa que o mercado tem no Brasil.

Em sua franquia no Japão, a empresa soltou em mídia um vídeo que vale a pena ser visto.

 

O Brasil tende a crescer no mercado de seguros de pessoas, tanto é, que a Prudential cresce no Brasil, em média 30% ao ano, um dos maiores crescimentos já registrados no mercado de seguros.

Vale a pena pensar em quem nós amamos, até porquê, a nossa vida pode acabar, mas a vida de quem nós amamos tem que continuar. Isso é demonstrar solidariedade e deixar o egoismo um pouco de lado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.