Mãe pela primeira vez – Cuidados, medos e sentimentos, o que mudou?

1
236

” Calma, não é um bicho de sete cabeças”. disse a mãe do Bernardo, de apenas 8 meses.

 

 

Ser mãe não é fácil, mistura de sentimentos, mudança de vida e todas as maiores surpresas.

Convidamos uma recém mãe para conversar conosco e falar sobre os primeiros momentos, desde a descoberta até o parto.

Caroline Ferrari, 24 anos, descobriu que ia ser mãe em um exame de rotina e já no 4º mês de gestação. Explicou pra gente como foi toda essa mudança, como foi descobrir a maternidade e o que mudou na sua vida.

 

Pergunta: O que sentiu quando descobriu que ia ser mãe?

Resposta: Foi uma confusão de sentimentos: susto, alegria e medo, muito medo!
Medo do novo, do desconhecido, pois a partir daquele momento minha vida                   mudou completamente.

 

Pergunta: O que mudou?

Resposta: As responsabilidades aumentaram, o foco não é mais meu, mas sim dele, não vivo mais por mim e sim por ele.

Pergunta: Os sintomas da gravidez, como foi para você?

Resposta: Os sintomas foram ótimos, pois não passei mal em momento algum, a sensação de senti-lo mexer era maravilhosa. O pré natal foi perfeito, pois o meu médico era ótimo e fazia o ultrassom em toda consulta.

Pergunta: Como foi o parto para você?

Resposta: A hora do parto foi um momento de muita ansiedade, até a hora da anestesia meu coração estava bastante acelerado, pois ver seu rosto era o que eu mais queria.

Pergunta: Como foi olhar para ele a primeira vez?

Resposta: Olhar para ele foi divino, uma alegria sem fim, não conseguia e não consigo até hoje imaginar como um serzinho tão perfeito saiu de dentro de mim. Só sei que Deus é maravilhoso. É saber o verdadeiro sentido da palavra amar.

Pergunta: Como foi amamentar pela primeira vez?

Resposta: Amamentar foi bem difícil no começo, pois foi doloroso. Machucou um pouco, acredito que porque ele ainda estava aprendendo a sucção. Mas pequeno tempo depois se tornou normal, não dói, não machuca. Ele mama bastante.

Pergunta: Como está sendo desde então, a rotina?

Resposta:

Cada segundo, cada descoberta, serão únicos e como não vamos lembrar sempre de tudo, o celular é um ótimo parceiro para nos ajudar a fotografar e filmar.
Até o sexto mês foi tudo tranquilo, a alimentação apenas leite materno e seu desenvolvimento foi perfeito. A partir dai começamos a tão temida introdução alimentar.

Calma, não é um bicho de sete cabeças.

O início realmente eles comem pouco, pois não estão acostumados com esse novo paladar. Procurem sempre dar legumes, verduras, junto com alguma proteína que dará tudo certo.

Eu nunca bati a comida no liquidificador, apenas fiz sopas e amassei com o garfo, para ele já ir acostumando com os “pedacinhos”.

Caso tenham dificuldades, podem passar na peneira que ajuda bastante nos primeiros dias.

Depois as coisas vão fluindo, tudo vai ficando mais tranquilo de um lado e do outro mais trabalhoso.

Quando começam a se apoiar nas coisas, a sentar sozinhos, nosso coração quase sai pela boca, mas não se preocupem, cada segundo vale muito a pena!

Pergunta: Descreva a maternidade em uma frase para gente?

Resposta: Ser mãe é o mais puro, divino e maravilhoso dom que Deus nos deu!

Pergunta: Qual o conselho que você considera mais importante para dar à uma mãe de primeira viagem?

Resposta: Seja segura de si e de suas intuições, e aceite ajuda da família, pois é muito importante e necessário, as tarefas não são tão fáceis e você consegue ficar mais com seu bebê.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.