Participante do Programa “Encontro com Fátima Bernardes” responde a piadas da internet.

0
1625

 

Participante do Programa “Encontro com Fátima Bernardes” Yasmim Estevam disse que não consegue emprego devido ao seu cabelo afro, contudo, a Dona de brechó se tornou novamente vitima de brincadeiras na internet e também de críticos sobre o assunto.

Em resposta para os críticos e “piadistas” da internet, a participante publicou um “textão” em sua rede social:

“’Quem te ensinou a odiar a textura do seu cabelo? Quem te ensinou a odiar a cor da sua pele de tal forma que você passa alvejante para ficar como o homem branco? Quem te ensinou a odiar a forma do nariz e a forma dos seus lábios??’

Trecho de um dos discursos mais famosos de Malcoml X, palavras que fazem todo sentido pra mim, palavras que por muito tempo eu não entendi, mas que hoje consigo compreender.

E finalmente enxergar claramente que o problema não está em mim, não está na minha pele, não está no meu cabelo, não está em meus traços. O problema vem dentro de você, ser humano limitado, cheio de padrões pré-estabelecidos sobre mim, com base apenas na minha aparência.

Eu sou mais do que você vê, sou fruto da resistência e da luta de muitos. Sou fruto do sangue, do choro e do suor dos meus ancestrais. Sou aquela que causa desconforto aos seus olhos por estar em lugares que na teoria seriam seus.

A crueldade do racismo é escancarada, é tão cruel ao ponto de fazer com que seus próprios irmãos reproduzam atos racistas, faz com que um preto ache engraçado compartilhar falas e fotos com teor preconceituoso. O racismo envenenou tanto vocês, IRMÃOS PRETOS, ao ponto de não perceberem que ao compactuar com falas rudes, estão atacando vocês mesmos? Não deveria ser o momento em que nós todos estaríamos juntos?

Venho também agradecer pelo apoio recebido por meus irmãos que tem me defendido de maneira heróica, por todos vocês que de uma forma ou outra tem me “protegido” de tanta carga negativa. Vocês tem sido uma base de apoio, tem sido família, tem sido irmãos! Continuo lutando por vocês, seremos nós por nós sempre.

Por fim, agradecer a todos aqueles que têm tentado me diminuir e me desestabilizar. Tenho usado o racismo como meu combustível para encher o tanque dos meus projetos, usar os limões que você me deram para fazer uma grande limonada (Salve Beyoncé), seguir caminhos altos que tem me levado a lugares altos, continuar vendo meus trabalhos sendo divulgados em revistas como Vogue!

Sigo em constante evolução, em constante transformação! Que meu trabalho possa refletir e resumir minhas palavras.

Atenciosamente,

@y4sfelix, proprietária do @brechonofundinho”.

No entanto, as brincadeiras não pararam e se tornaram um “meme” da internet, conversando com algumas pessoas que deram liberdade a brincadeira, eles dizem  que” não estão brincando com o fato dela ser negra e nem do seu cabelo, a brincadeira se tornou devido a algo que chamou atenção. E que humor tem que ser encarado no que se destaca, como o nariz do Luciano Huck.” deu o exemplo o humorista Antonio Bergati.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.