Tiroteios, prisões e mortes marcam os primeiros 10 dias de intervenção no Rio de Janeiro

0
58

” O Rio de Janeiro está em ambiente de guerra” disse a moradora do morro Ezileide Souza.

 

Desde a intervenção federal do Rio de Janeiro, o ambiente no Rio de Janeiro não demonstrou melhoras, foram 48 mortes e 255 tiroteios.

No ano passado, na mesma época foram confirmados 206 tiroteios e 35 mortes.

Foram constatadas duas mortes de militares no Rio, o subcomandante da UPP, Guilherme Lopes da Cruz, de 26 anos, e do Cristiano das Neves Souza, Sargento, de 40 anos.

Muitos moradores das favelas estão reclamando do horário das ações da policia e do exercito, que a maioria está sendo feita a partir do meio-dia, eles alegam que são horários de chegada de estudantes, o que dificulta e se torna ainda mais perigoso.

Neste domingo (25) houve manifestação de moradores do Rio de Janeiro, pedindo o fim da violência, seguiu ao palácio do alvorada.

É importante ressaltar que os dados divulgados dos tiroteios são por meio de um aplicativo, não sendo oficiais.

Walter Braga Neto, interventor nomeado pelo presidente Michel Temer deve anunciar os integrantes de sua equipe ainda esta semana.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.