Venezuelanos lotam as divisas em busca de emprego no Brasil

0
23

 

Cerca de 800 venezuelanos entram por dia para o Brasil, hoje o número já chega a 10% da população de Roraima, ou seja, algo próximo a 49 mil venezuelanos somente em Roraima.

A pequena cidade de Pacaraima (Fronteira do Brasil com a Venezuela) está acomodando os venezuelanos como pode, a maioria deles quer apenas fugir de seu país e não se importam em dormir no chão e na rua, fugindo apenas do sol e da chuva. Alegam que na Venezuela já não tem comida, não tem trabalho e não tem a mínima dignidade para viver, registra os venezuelanos. Reclamam muito sobre o estado e seus efeitos: “o atual presidente Nícolas Maduro, conhecido pela sua parceria com os antigos presidentes Lula e Dilma, acabou com o País”.

Na fronteira se vê muitos “cambistas”, que trocam a moeda atual da Venezuela por reais, o que é crime no nosso país, contudo, não há nenhuma atividade da policia local, nem da federal para banir tal ato.

Michel Temer declarou na semana passada estado de emergência, mas testemunhas das fronteiras dizem que não adiantou de nada, e que lá nada mudou.
Mal inicia o turno da polícia federal nas fronteiras, e já se vê gigantes filas para entrada no Brasil.

A pergunta é, será que o Brasil está no momento certo de dar abrigo à refugiados?!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.